Curso online de Restauração Florestal com o Cepan é disponibilizado na web

Postado em 05/11/2020

Formação para a Secretaria de Agricultura de São Paulo, com palestrantes de diversas instituições, agora pode ser assistida gratuitamente no YouTube

Conhecimento, métodos e tecnologias em Restauração Florestal ao alcance de todos. Um treinamento virtual sobre a temática, realizado entre agosto e setembro, para o corpo técnico da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) do Estado de São Paulo, agora está disponível para o grande público. Ao todo são 11 módulos de aula com diferentes profissionais, entre eles Severino Ribeiro, Presidente e Diretor do Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (Cepan). Assista gratuitamente aqui.

O curso “Restauração Ecológica de Vegetação Nativa” foi oportunizado via parceria entre várias instituições – Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo – SAA, Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo – SIMA, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – Cetesb, Agroicone, Iniciativa Caminhos da Semente e a The Nature Conservancy Brasil – TNC, com apoio técnico e financeiro do Partnerships for Forests – P4F – Programa do Reino Unido.

A convite da Comissão Organizadora, o Cepan integrou a equipe de capacitação. A formação ocorreu online, entre 18 de agosto e 24 de setembro, e em tempo real, respeitando o distanciamento social necessário para enfrentamento da Covid-19. Ao todo, 250 técnicos e técnicas da SAA foram habilitados no assunto para acompanharem o cumprimento do Programa de Regularização Ambiental (PRA) em propriedades rurais paulistas. Junto à equipe da TNC Brasil, o Cepan foi responsável pelo primeiro módulo do curso, sobre “Conceitos e Histórico da Restauração Florestal”. 

É importante entender os conceitos fundamentais da restauração para, quando começar a implantação em campo, vocês tenham alicerçados os conceitos e entendam os fundamentos dos métodos”, explica Severino Ribeiro na abertura do módulo. As explanações técnicas mostram, além de fundamentos, um histórico sobre a degradação na Mata Atlântica e no Cerrado, biomas nativos do Estado de São Paulo; e técnicas relevantes como a Semeadura Direta, implementada nas ações de restauração do Cepan.

A palestra de Severino Ribeiro prepara os participantes do curso para avançarem nos módulos seguintes e conhecerem a fundo diferentes técnicas em restauração; em que situação utilizá-las; como analisar áreas degradadas e suas características; e um panorama sobre gestão de projetos desse segmento. Além do Cepan, também contribuíram ao curso representantes da TNC, SAA, Caminhos da Semente, Instituto Socioambiental (ISA), ICMBio/UnB, Embrapa e Iniciativa Verde.

“Aproximar as agendas acadêmica, científica, prática e social através da formação é um pilar importante para o Cepan porque ajuda na geração de oportunidades e surgimento de lideranças ambientais, criando mais consciência e sensibilização à causa ambiental, além de treinar pessoas para a proposição e execução de projetos com alta qualidade técnica”, argumenta Fabiane Santos, analista de projetos do Cepan que acompanhou a atividade. 

FORMAÇÕES ONLINE EM ALTA – Com ampla experiência em formação de pessoas na modalidade presencial, o Cepan inaugurou sua agenda de capacitações virtuais com o curso gratuito “Restauração Florestal na Mata Atlântica”, ministrado entre 17 de junho e 02 de julho de 2020. Com carga horária de 10 horas-aula, os 28 participantes – dos quase 500 inscritos de todo o país – entraram em contato com explanações, dinâmicas, debates em tempo real e materiais didáticos que estimularam o aprendizado. Ao término, os participantes elaboraram Projetos Executivos de Restauração Florestal (PERFs) fictícios para treinarem a apreensão dos conteúdos. 

Desde então, outras formações virtuais têm ocorrido com sucesso, como as aulas em parceria com a TNC Brasil, para os membros da Rede de Atores de Restauração Florestal do Vale do Paraíba (São Paulo); a participação no Curso de Formação de Agentes Ambientais Comunitários de Camaragibe (Pernambuco); e as oficinas de intercâmbio e nivelamento de conhecimento para a implementação da Rede de Sementes e Mudas na Bacia do Rio Doce, uma parceria do Cepan com Fundação Renova, Associação Rede de Sementes do Xingu (ARSX) e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Mesmo com o distanciamento social, as alternativas possibilitam ao Cepan dar continuidade a uma de suas principais frentes – democratização do acesso de pessoas ao conhecimento sobre conservação e restauração da biodiversidade. 

A capacitação se tornou premissa fundamental do Cepan em 2012, quando foi fundado o Núcleo de Formação em Ciência & Tecnologia Ambiental do Nordeste, por meio do qual a instituição leva conhecimento sobre conservação da biodiversidade a públicos diversos, e agora abarca tanto os cursos presenciais, momentaneamente suspensos, quanto os virtuais. Em 8 anos de Núcleo, as formações do Cepan já atingiram mais de 2 mil pessoas, com treinamentos em cerca de 15 temas de expertise da instituição, além de outros tópicos relacionados às necessidades de cada projeto. 

Confira testemunhos dos participantes do curso “Restauração Florestal na Mata Atlântica”:


Todas as notícias...